segunda-feira, janeiro 14, 2008

Castro Fernandes diz que desemprego subiu para o dobro em Santo Tirso nos governos do PSD

“Como é que alguém que não conhece o concelho de Santo Tirso, que nunca vi a defender nenhum projecto para o concelho se dá agora ao direito de chegar a Santo Tirso e decretar a calamidade pública? Isto não tem absolutamente lógica nenhuma”. Castro Fernandes, presidente da Câmara de Santo Tirso reagiu nestes termos às declarações do deputado do PSD, Agostinho Branquinho, feitas na passada segunda-feira aquando da sua deslocação ao município.

O autarca, no entanto, admite: “é verdade que temos um desemprego elevado, mas atenção, não é Santo Tirso apenas, é o Vale do Ave, é o distrito do Porto e o distrito de Braga. Não se pode falar em calamidade social de um só concelho quando esta é uma questão da região Norte”.


Melhor seria, sublinha o presidente da Câmara, que o “PSD dissesse publicamente que o desemprego entre 2002 e 2005 duplicou no concelho de Santo Tirso, que passou de 6-7 por cento para 12-14 por cento e foi exactamente no governo PSD, porque no governo do PS ele não aumentou, estabilizou”. Castro Fernandes reforça a ideia dizendo que “o boom do desemprego no concelho deu-se nos governos do doutor Durão Barroso e do doutor Santana Lopes.”

Leia mais na edição de 16 de Janeiro de 2008 do Jornal Entre Margens

3 comentários:

Daniel disse...

O sr. Castro Fernandes devia procurar soluções em vez de bodes expiatórios.
A política no nosso concelho vai muito mal e é o espelho da governação.
Chega de "guerrinhas" entre partidos! Está na hora de reunir esforços e potenciar os activos políticos!

rafael disse...

Sr. Presidente da Câmara
DIGA aos municipes se a taxa de desemprego é ou não de 16%.
DIGA o que está a fazer para inverter a situação.
Os governos anteriores já foram julgados pelo que fizeram ou pelo que não fizeram.
AGORA SR. PRESIDENTE DIGA O QUE ESTÀ A FAZER.
Tambem seria interessante a comunicação social publique noticias de interesse para o futuro das pessoas.
Publiquem a taxa oficial de desemprego. denunciem o que os responsaveis politicos não fazem e diviam fazer.

pó de ser disse...

O Sr. Presidente que diga aos Tirsenses em geral e aos Campenses em particular o porquê das deslocalizações das empresas desta parte do Concelho para Lordelo - Guimarães. Também foi culpa do PSD ?
Em vez de culpar quem quer que seja, arranje soluções!
Outros Concelhos vendem terrenos para ZI a 1 euro o metro quadrado! Quem negoceia? As próprias Câmaras Municipais.
Enquanto a Câmara Municipal não tiver uma estrátegia definida a médio e longo prazo...
Por fim queria dizer que acha engraçado o Sr. presidente da Câmara proferir tais palavras quando, numa cerimónia pública, disse que não interessava arranjar culpados para o desemprego, porque nem Governos nem Câmaras podiam travar a consequência da Globalização.